Skip to main content

Cejudo afirma que Charles do Bronx poderia realizar luta mesmo com lesão: “Simples de resolver”

Brasileiro perde a luta contra Islam por lesão no supercílio

A revanche entre Charles do Bronx e Islam Makhachev, que aconteceria no dia 21 de outubro, acabou sendo cancelada por conta de lesão sofrida pelo brasileiro a poucos dias da luta. A decisão de Oliveira de desistir do embate diante do russo dividiu opiniões, com alguns concordando e outros criticando a posição do ex-campeão dos leves (até 70,3kg.).

Charles oliveira
Charles oliveira

Ex-duplo campeão do UFC, Henry Cejudo deu sua opinião sobre a decisão de Charles do Bronx e sua equipe. Segundo o americano, muitos lutadores já utilizaram maquiagem para esconder este tipo de corte da comissão atlética de Nevada. No entanto, Cejudo entende que, caso o brasileiro não estivesse se sentindo 100%, é possível entender a situação.

Publicidade

“Eu, inclusive, tive cortes onde tive que colocar maquiagem para a Comissão Atlética de Nevada não perceber. Charles Oliveira estava confiante nesta luta para conseguir a vitória. Ou isso foi uma saída. Corte por corte, é uma semana, quase duas semanas. É o suficiente para que essas coisas curem. Às vezes eu entendo que, se você não estiver 100% pronto, você pode fazer isso. A última coisa que você quer fazer é se preocupar com seu olho. É um corte, que pode te prejudicar. Eu também entendo”.

Com a saída de Oliveira, Alexander Volkanovski, campeão dos penas, assumiu a vaga e enfrentará Islam Makhachev. Também se trata de uma revanche, visto que o russo venceu o australiano justamente em sua última luta no UFC, por decisão unânime dos juízes. O evento será realizado em Abu Dhabi, no dia 21 de outubro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade