Skip to main content

Chicão promete retirar ação contra o Corinthians na justiça

Chicão vai tirar ações contra o Corinthians

O ex-zagueiro Chicão, anunciado como responsável pela integração entre as categorias de base e o time profissional na gestão do futuro presidente do Corinthians, Augusto Mello, declarou sua intenção de retirar uma ação contra o clube. Essa ação refere-se a uma questão de Direito de Arena, na qual os jogadores teriam direito a 20%, mas o Corinthians estaria pagando apenas 5%.

Chicão expressou seu comprometimento com essa decisão durante uma entrevista ao SBT, revelando que já conversou com seu advogado para providenciar a retirada do processo durante a semana. Ele destacou que essa atitude seria uma resposta à vitória do presidente eleito, reforçando sua disposição de colaborar com o clube.

Publicidade

O ex-zagueiro esclareceu que a ação legal não foi direcionada diretamente contra o Corinthians, mas sim contra indivíduos específicos. Além disso, abordou os problemas enfrentados com o grupo que ocupa cargos na gestão do clube nos últimos 16 anos. Chicão parece estar buscando uma reconciliação e uma nova fase em sua relação com o Corinthians, alinhando-se com a mudança na direção do clube.

“Aconteceu essa ação contra o clube, mas ela foi direcionada para as pessoas que estavam no clube, porque quando me tiraram me falaram numa sala e falaram: “Chicão, obrigado, você não serve mais’. Perguntei sobre essa situação do Direito de Arena e mandaram eu procurar os meus direitos, mas infelizmente pega na instituição. Era direcionada para as pessoas que estavam no clube”, disse o defensor.

“Eu não falo o nome da pessoa. Essa gestão começou a me proibir de ir no estádio, não querem que eu faça evento, tour na Arena. Eles me bloquearam. Não queriam que eu ficasse frequentando o estádio. Eu não sei o motivo. Tem uma outra pessoa, que vocês ficam imaginando quem seja, que fica jogando piadinha no ar. Não tem prova, nada contra o Chicão”, complementou.

Deixe um comentário

Publicidade

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *