Skip to main content

Corinthians reclama de arbitragem após pênalti polêmico marcado contra o Santos e promete ir à CBF: “É um absurdo”

Corinthians afirma que foi prejudicado

O Corinthians enfrentou o Santos na noite de ontem, na Neo Química Arena, e vencia até os acréscimos, quando o árbitro Anderson Daronco marcou penalidade em cima de Solteldo e Mendoza converteu, igualando o marcador. Ao fim da partida, o presidente Duílio Monteiro Alves e o diretor Alessandro Nunes se mostraram indignados com a marcação polêmica que teve auxílio do árbitro de vídeo.

F9pzd3oxmaacicg
Corinthians reclama de arbitragem após pênalti polêmico marcado contra o santos e promete ir à cbf: "é um absurdo" 2

O presidente Duílio Monteiro Alves reclamou da marcação do pênalti e revelou que fará uma reclamação na CBF em busca de uma explicação: “Foi um absurdo o que aconteceu aqui. Não sei o que eles vão fazer, mas espero que não aconteça mais, nem com o Corinthians nem com ninguém. O VAR está aí para isso. Pode até errar com o VAR, mas o lance fica muito claro. Todos nós vimos. Na hora que ele foi para a tela, o Brasil inteiro viu a imagem que ele viu: tem um pisão, e não é pênalti, mas ele deu”.

Publicidade

Alessandro Nunes também falou sobre o lance e se mostrou indignado com a marcação: “É um absurdo. É muito simples analisar um lance como aquele. O pé do Bruno está no chão, o Soteldo vem, pisa e se joga. Iremos até a CBF, vamos cobrar a Comissão de Arbitragem e vamos aguardar uma manifestação. Em lances assim eles geralmente divulgam os vídeos do que aconteceu, e queremos uma análise clara. Queremos saber o que levou à marcação do pênalti se o Soteldo é quem pisa no pé do Bruno”.

Com o empate, o Corinthians não abre distância da zona de rebaixamento e permanece a cinco pontos do primeiro time da zona da degola. Em busca de garantir a permanência na elite nacional, o próximo compromisso do Timão é diante do Athletico-PR, na Neo Química Arena, na próxima quarta-feira (01), pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade