Skip to main content

Dorival indica que seu trabalho foi diminuído no Flamengo: “Comigo era o melhor elenco, após minha saída, precisava de contratações”

Dorival Jr falou sobre o seu trabalho no Flamengo

Em participação no programa Seleção SporTV, desta segunda-feira (9), o ex-técnico do Flamengo, Dorival Júnior, voltou a falar sobre sua saída da equipe carioca. O atual campeão da Copa do Brasil com o São Paulo reforçou sua chateação com a forma em que foi mandado embora e ainda demonstrou que seu trabalho teria sido diminuído, visto que o elenco era considerado o melhor da América do Sul com ele e, após sua saída, precisava de contratações.

Dorival
Foto: divulgação

Dorival Júnior acredita que seu trabalho foi desvalorizado, mesmo tendo sido campeão da Copa do Brasil e Libertadores: “Quando peguei o time (Flamengo) lá atrás, os mesmos jogadores não tinham valor. De repente, o mesmo elenco se torna o melhor sul-americano, “qualquer um faria o mesmo”. Um mês depois da minha saída, quando perdem o Mundial, falavam em contratações porque o time precisava de reforços. Estranhei tudo”.

Publicidade

Dorival Júnior assumiu o Flamengo no meio da temporada 2022 após a saída do português Paulo Sousa. O elenco vinha sendo criticado pela falta de desempenho, no entanto, o treinador conseguiu fazer o time render em alto nível e terminou a temporada como campeão da Copa do Brasil e Libertadores da América. Mesmo com o sucesso, a diretoria decidiu mandá-lo embora para contratar Vitor Pereira, que estava no Corinthians.

Mostrando sua competência, Dorival Júnior foi o escolhido para comandar o São Paulo, que demitiu Rogério Ceni. No tricolor, mais uma confirmação de bom trabalho, levando a equipe paulista a semifinal da Copa Sul-Americana e ao título inédito da Copa do Brasil, sobre o próprio Flamengo, então comandado pelo argentino Jorge Sampaoli.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade